segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Porque nem sempre o amor é um conto de fadas...

Quando te conheci senti algo, mas não ligei só com o passar do tempo é que percebi o que era, era amor.
Um amor, que me faria sofrer, pois ao contrário do que pensava não és perfeito, nem perto disso, qualidades em ti são escassas, até podes ser bonito, inteligente, mas quando se trata de sentimentos, de vivências do dia a dia és oco, não sabes nada de nada.
A culpa de estar a sofrer não é tua, é minha que me iludi, que criei uma imagem tua que não existe, que nada tem a ver com a realidade. Estúpida foi o que eu fui e ainda continuo a ser, pois ainda não te consegui esquecer, não consegui esquecer a perfeição do teu rosto, o teu olhar adorável, esse teu cabelo, mas tu és, ao mesmo tempo, convencido, insensível, deplurável , não te interessas por mais ninguém a não ser em ti mesmo, no teu mundo só existe lugar para ti, não pensas nos sentimentos dos outros, apenas nos teus, tu és um ser sem coração, um ser desprezível.
Já eu sou burra, burra sim por te amar e por sofrer por alguém como tu, mas um dia esse sofrimento irá desaparecer e nesse dia irei ser uma nova pessoa, pois deixarei de te amar.

Por vezes aquele que amamos não é um príncipe encantado.

Espero que comentem, e só para esclarecer eu já consegui esquecer o tal rapaz, que ainda não mudou nada...

1 comentário:

  1. Está magnifico :D
    Adoro tudooooo o que tu escrever *.*
    Adoro-te <3


    xoxo

    ResponderEliminar